Blog do Desemprego Zero

Daqui a quatro ciclos

Posted by Beatriz Diniz em 3 abril, 2008

Publicado no Valor Econômico – Íntegra para assinantes – clique em :Valor

Por Delfim Netto

 Na sua “Filosofia da História”, Hegel adverte que as sociedades e seus governos nunca aprenderam nada com a história ou agiram de acordo com os princípios dela deduzidos. Neste momento de angústia da economia mundial, que sucede a 72 meses de expansão extraordinária, ajudada pelo aparecimento de novos “players” como a China e a Índia, talvez seja interessante levar a sério a observação hegeliana e tentar usar as lições da história.

O excesso de entusiasmo econômico (principalmente no setor financeiro, que nasceu para ser servo da economia real e transformou-se em seu senhor e algoz), levou à miopia agentes e agências e reforçou a crença no “fim da história”. Esqueçam tudo o que viram no passado – foi o grito de guerra – porque a “nova” economia, a “economia do conhecimento” contém em si os mecanismos de sua própria expansão: ela não tem limite (alimenta-se de si mesma) e não tem nenhuma razão para “flutuar”, como costumava acontecer. Infelizmente, a história mostrou que essa é a arrogância que ela costuma recolher no seu lixo…

A última crise da economia americana foi em 2001 (durou 8 meses). Depois dela registraram-se quase seis anos de expansão magnífica, que ajudaram a “criar” a China e a Índia. Este é um ponto fundamental: sem a expansão dos investimentos americanos, europeus e japoneses, e a abertura comercial para “consumir” as exportações, chineses e indianos não teriam tido o mesmo sucesso. Hoje, seus mercados internos provavelmente têm musculatura para sustentar o crescimento, ainda que seja a uma taxa menor. Antonio Delfim Netto é professor emérito da FEA-USP, ex-ministro da Fazenda, Agricultura e Planejamento. Escreve às terças-feiras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: