Blog do Desemprego Zero

Álvaro Dias e vazamento de informações sigilosas

Posted by Beatriz Diniz em 8 abril, 2008

Veja no artigo a seguir: não é a primeira vez que o senador Álvaro Dias é acusado de ter infringido o regimento interno do Senado ao divulgar documentos de natureza sigilosa…

 Publicado originalmente no: Adital

 Sobre o comportamento recente do senador Álvaro Dias, suspeito de vazamento de informações sigilosas da Casa Civil, trata-se de uma repetição do ocorrido com o mesmo senador, em 10/2004, quando foi  presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Terra e vazou informações sigilosas daquela Comissão e foi denunciado.

 Leia, a seguir,  notícias relacionadas:

 20.10.2004 BRASIL

Política Parlamentares denunciam presidente da CPI da Terra à Câmara e ao Senado 

Em repercussão ao vazamento de informações sigilosas da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Terra, da Câmara Federal, que investiga a questão agrária brasileira, foi entregue, na manhã de hoje, aos presidentes da Câmara e do Senado, representação contra o presidente da Comissão, senador Álvaro Dias (PSDB), acusado de ter infringido o regimento interno do Senado ao divulgar documentos de natureza sigilosa encaminhados para investigação na CPMI.  A representação, assinada por seis deputados e cinco senadores, será protocolada ainda hoje no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado Federal.

Compareceram às audiências com o deputado João Paulo Cunha (PT) e com o senador José Sarney os deputados Adão Pretto, Jamil Murad (PC do B), João Alfredo (PT e relator da CPMI), Luci Choinacki (PT) e Zé Geraldo (PT), e o senador Sibá Machado (PT). A representação acusa o senador Álvaro Dias de transcrever, reproduzir e remeter aos membros da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito informações de natureza sigilosa relacionadas às contas da Confederação das Cooperativas de Reforma Agrária do Brasil (Concrab). Diz ainda que a imprensa teve acesso às informações – que, pelos regimentos do Senado e do Congresso, só poderiam ser comunicadas aos membros da CPI em reunião secreta – antes dos parlamentares.

Parlamentares denunciam presidente da CPMI da Terra

21/10/2004

Integrantes da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) da Terra entregaram ontem aos presidentes da Câmara e do Senado uma representação contra o presidente da Comissão, senador Álvaro Dias (PSDB/SC). Dias é acusado de ter infringido o regimento interno do Senado ao divulgar documentos de natureza sigilosa relacionados às contas da Concrab (Confederação das Cooperativas de Reforma Agrária do Brasil). A representação, assinada por seis deputados e cinco senadores, foi protocolada no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado Federal. Os parlamentares também questionam o fato dessas informações terem sido divulgadas à imprensa antes de serem repassadas aos membros da CPMI. De acordo com o deputado Adão Pretto (PT-RS), um dos signatários da representação, o presidente da CPMI da Terra está fazendo com que objetivo original – o de investigar a situação fundiária brasileira – seja desviado para incriminar as vítimas da violência no campo, os Sem Terra. A CPMI foi instalada no início de 2004, sendo seu presidente o senador Álvaro Dias (PSDB PR) e o seu relator o deputado João Alfredo (PT-CE).

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: