Blog do Desemprego Zero

A tediosa sucessão de factóides

Posted by Beatriz Diniz em 10 abril, 2008

Idelber Avelar levanta algumas difíceis questões sobre os porquês da insistência da oposição em tentar pelas vias mais descabidas atingir negativamente o governo, desqualificando a discussão política séria e construtiva. Seguem importantes sugestões do blogueiro sobre leituras acerca do tema, para aqueles que quiserem acompanhar esta novela em seus diversos episódios…

*Postado por Elizabeth Cardoso

Publicado originalmente no Blog O Biscoito Fino e a Massa

Por Idelber Avelar*

Às vezes, sinceramente, sinto um pouco de compaixão da oposição tucano-pefelê. Idolatram tanto o capitalismo laissez-faire, mas não aprenderam nada com o Tio Sam sobre como construir uma direita verdadeiramente golpista, fria e implacável. Parecem a zaga do Íbis batendo cabeças em cobranças de escanteio. Será que a única coisa que a oposição consegue contra o governo Lula é martelar a possibilidade de que alguém do Planalto tenha elaborado um anódino dossiê de 13 páginas sobre os gastos de FHC? E requentar durante mais de uma semana o escarcéu artificial criado sobre o tema? Será que eles têm alguma esperança de, com isso, produzir algum arranhão na presidência mais popular de todos os tempos? Por que não falam de projetos políticos? Por que não debatem, por exemplo, o projeto de taxação de milionários apresentado pelo deputado Maurício Rands (PT-PE) com argumentos um pouco melhores que os de Dornelles? Por que se recusam a entender que essa história de dossiê não cola mais? Será que têm alguma ilusão de que vão ganhar votos com isso? Será que não perceberam que alguma transformação ocorreu no Brasil nos últimos anos e que a democracia tupinambá se encontra em outra fase, mais madura? Por que a Folha de São Paulo embarcou nessa?

Aí vão alguns links sobre esse patético caso:

Leitor de Josias de Souza pega blogueiro na atribuição falsa de citação a Dilma Rousseff.

Senador tucano admite que dossiê passou por suas mãos.

Noblat acusa Lula de crime, para logo depois reconhecer que foi a oposição quem divulgou o tal dossiê, levando na seqüência um baile dos leitores de Nassif por curiosamente tomar como fonte definitiva de notícia uma declaração feita por parte interessada, além de funcionar como moleque de recados da oposição.

Senador pefelê insulta Dilma Rousseff com xingamento sexista e provoca bate-cabeças na oposição, levando até o Arthur “vou dar uma surra no Lula” Virgílio a pedir que ele retire o insulto.

Noblat manda recadinho para que Pedro Simon fale do dossiê em plenário e o ex Mr. Integridade obedece e pede desculpas. A que triste paródia de si mesmo foi reduzido o Senador Simon!

Noblat vira porta-voz de FHC.

Lula Miranda analisa mais esse patético papel da grande imprensa brasileira.

Gilson Caroni Filho discute o duro golpe sofrido pela credibilidade de Noblat neste episódio.

* Idelber Avelar é professor do Departamento de Espanhol e Português da Tulane University, em Nova Orleans, LA, EUA.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: