Blog do Desemprego Zero

Exportação está sob risco, diz Fiesp

Posted by Beatriz Diniz em 22 abril, 2008

Em entrevista, Juan Quirós, ex-presidente da Apex, afirma “Se as importações continuarem no atual ritmo, duas ou três vezes maiores do que as exportações, não tenha dúvida de que em 2009 teremos déficit na balança comercial”.

 Por Katia Alves

 Publicado na: Folha

 Por Agnaldo Brito

 Responsável por uma importante peça do projeto exportador no primeiro mandato do governo Lula, Juan Quirós, ex-presidente da Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos), hoje vice-presidente da Fiesp e de volta à iniciativa privada, afirma que a exportação brasileira está sob risco. A situação cambial, segundo ele, pode comprometer o esforço de criar uma “cultura exportadora” brasileira, com forte envolvimento das pequenas e médias empresas.

FOLHA – O câmbio está minando a cultura exportadora?  

JUAN QUIRÓS – Precisamos gerar um novo modelo exportador. No primeiro mandato do presidente Lula, se criou uma cultura exportadora. O dólar sempre foi um fator complicado. Quando estava a R$ 3,50, quando caiu para dois reais e pouco. Muita gente falava que a R$ 2,50 não dava para exportar. O fato foi o de que o dólar caiu e as exportações continuaram crescendo, mas cresceu com a iniciativa privada. Hoje, está ficando insustentável para alguns setores exportadores. A exportação vai crescer, mas o problema está nas importações, que crescem muito mais devido ao câmbio.

FOLHA – O déficit na balança comercial está no horizonte?

QUIRÓS – Se as importações continuarem no atual ritmo, duas ou três vezes maiores do que as exportações, não tenha dúvida de que em 2009 teremos déficit na balança comercial. Vai depender muito da importação do petróleo e do preço das commodities, mas há risco grande disso.

FOLHA – O governo acaba de lançar uma meta na qual pretende exportar US$ 210 bilhões em 2010. É factível?

QUIRÓS – A meta dos US$ 210 bilhões faz parte da política industrial. Suponho que existe um estudo que ancore essa meta de exportação e a nova política industrial que será anunciada. A política industrial precisa ser anunciada e entrar imediatamente em prática para o setor exportador. Nós já passamos da luz amarela. Nós já estamos na luz vermelha.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: