Blog do Desemprego Zero

Ministro sinaliza investimentos em novas usinas nucleares

Posted by Beatriz Diniz em 8 maio, 2008

O programa de investimento nuclear passa a ser mais discutido no governo e os principais temas para as reuniões giram em torno da quantidade de usinas que serão construídas e a instalação dessas usinas é defendida pelo o ministro, Sérgio Rezende, devido às tarifas competitivas que as usinas nucleares têm em relação às outras fontes de energia. 

Por Katia Alves

Publicado Vermelho

O ministro de Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, anunciou a intenção de construir novas usinas nucleares no país. Em entrevista a jornalistas da imprensa internacional organizada pela Presidência da República no Rio, Rezende disse que a discussão sobre o programa nuclear brasileiro ganhou força no governo e, em breve, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve aprovar um fórum composto por oito ministérios com a meta de traçar estratégias para o setor.

“Nos últimos três meses, o programa nuclear brasileiro passou a ser discutido de maneira mais aberta dentro do governo e o presidente da República está em vias de assinar um decreto criando o Comitê de Desenvolvimento Nuclear Brasileiro, formado por oito ministros e dirigentes da área nuclear”, informou Rezende.

Segundo o ministro, o comitê já definiu os principais temas para as primeiras reuniões, entre eles a instalação de novas usinas nucleares no Brasil até 2030, além da produção de urânio. “Temos uma agenda de discussões que serão feitas durante vários meses até que decisões sejam tomadas, em relação a quantas usinas (serão construídas), onde serão localizadas, os recursos necessários para poder ter tudo o que está sendo discutido” .

Rezende defendeu a instalação de usinas nucleares devido às “tarifas competitivas” frente a outras fontes de energia, à disponibilidade de urânio no país, “a sexta maior reserva comprovada do mundo”, à demanda interna e ao complexo tecnológico representado pela Indústria Nuclear do Brasil (INB), vinculada ao ministério.

O ministro reconheceu que o país ainda não domina totalmente o ciclo da produção de energia nuclear, mas afirmou que isso é uma questão de tempo. “Estamos em um processo de intensificação da produção do combustível nuclear. Em 2010, teremos condições de ter domínio completo de todo o ciclo”.

Questionado se haverá no comitê vagas para representantes da sociedade civil, o ministro da Ciência e Tecnologia respondeu que “o comitê é do governo” . “Naturalmente, até o plano (feito pelo comitê para o setor) ser executado haverá muita discussão da sociedade, o que incluirá empresas e entidades não-governamentais”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: