Blog do Desemprego Zero

Exportador estima aumento de 500% nas vendas de softwares

Posted by Beatriz Diniz em 13 maio, 2008

As exportações no Brasil do setor de Software devem aumentar para US$ 500 milhões e gerará muito emprego. Devido à nova política industrial este setor e o setor de tecnologia serão beneficiados com a redução da contribuição patronal para a seguridade social sobre a folha de pagamento de 20% para até 10% .

Por Katia Alves

Publicado originalmente na Tribuna online

As exportações brasileiras do setor de software devem passar de US$ 100 milhões para US$ 500 milhões. Além disso, a geração de empregos deve crescer 20% com as medidas anunciadas pelo governo na segunda-feira como parte da política industrial.

A estimativa foi feira por André Fonseca, presidente de uma das cinco maiores empresas do setor, a Virtua. O empresário comparou os incentivos criados pela nova política industrial para os exportadores ao programa Bolsa Família, porque vai premiar quem conseguir cumprir a meta estabelecida pelo programa. “Acho que o governo fez as coisas de um jeito correto, porque vai recompensar quem estiver gerando resultado”,.

Dentro da nova política industrial o setor de software e de tecnologia será beneficiado com a redução da contribuição patronal para a seguridade social sobre a folha de pagamento de 20% para até 10% e da contribuição para o Sistema S para até zero, de acordo com a participação das exportações no faturamento das empresas. Haverá ainda dedução em dobro para determinação da base de cálculo do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) das despesas com programas acelerados de capacitação de pessoal.

O setor de exportação de software poderá ser beneficiado também com a permissão para que as empresas de informática e automação deduzam da base de calculo do Imposto de Renda e da CSLL os gastos com pesquisa e desenvolvimento multiplicados por um fator de até 1,8. O governo anuncia ainda investimento de R$ 1 bilhão até 2010 no setor de informática (novo Prosoft).

André Fonseca ressalta que essas medidas vão realmente estimular as exportações de software, mas o importante é aguardar a forma como as medidas serão implementadas. Este, segundo ele, é o sentimento predominante no setor. “O que não pode é haver uma demora excessiva na colocação em prática das medidas anunciadas por causa de entraves burocráticos para que tudo não acabe ficando apenas no papel”.  As informações são da Agência Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: