Blog do Desemprego Zero

América do Sul cria órgão para integrar continente: Unasul

Posted by Beatriz Diniz em 25 maio, 2008

Publicado originalmente no Blog Logística e Transporte

Por José Augusto Valente*

Presidentes de 12 países da América do Sul criaram oficialmente nesta sexta-feira (23) um órgão que tem como principal objetivo integrar o continente.

A União Sul-Americana de Nações (Unasul) foi instituída durante reunião dos governantes em Brasília, na qual foi assinado, por unanimidade, o tratado de criação.

A presidência do órgão será alternada entre os presidentes dos países membros. Cada mandato será de um ano. A primeira presidente escolhida foi a chilena Michelle Bachelet.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou estar de “alma lavada” com a oficialização da União Sul-americana de Nações (Unasul) a partir da assinatura do tratado de criação nesta sexta.

Para o presidente, a formalização da organização é um marco importante da integração da região.

A formação da Unasul começou a ser debatida em 2004 na cidade de Cuzco, no Peru.

Leia mais no G1

No período em que ocupei o cargo de Secretário de Política Nacional de Transportes, tive a honra de participar desse momento histórico de criação do que hoje se denomina Unasul.

No período 2004/2006, representei o Ministério dos Transportes no fórum da IIRSA – iniciativa de Integração das Infra-Estruturas da Região Sul-Americana.

Foi a partir desse movimento, na área de infra-estrutura de transportes, especialmente, que se criaram as bases para a construção da integração das nações sul-americanas.

Neste blog, publicamos vários posts a esse respeito (clique aqui e leia).

A IIRSA foi iniciada no governo FHC, em 2000.

Coube ao presidente Lula dar dois passos adiante, fortalecendo e contribuindo para viabilizar os projetos prioritários da IIRSA e, na reunião de Cuzco (Peru), dar o pontapé inicial do que, a partir de hoje, se denomina Unasul.

Daqui para a frente, penso que os projetos da IIRSA terão o seu PAC, já que a integração é boa para todos os países.

A destacar o papel de facilitador do processo, assumido pelo governo e pela chancelaria brasileira, e não o papel de potência com tendência hegemonista.

* José Augusto Valente: engenheiro e trabalho há 35 anos na área de transportes. Fui Presidente do DER-RJ em 2002 e titular da Secretaria de Política Nacional de Transportes, do Ministério dos Transportes, no período de maio/2004 a junho/2007. Atualmente atuo como Consultor em Logística e Transporte.

Currículo

Meu e-mail para contato é: joseaugustovalente@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: