Blog do Desemprego Zero

Brasil tem o terceiro melhor cenário econômico entre os países latinos

Posted by Beatriz Diniz em 26 maio, 2008

Estudo trimestral realizado pelo Instituto INFO conjuntamente com a Fundação Getúlio Vargas aponta uma melhora da posição do Brasil, em relação ao início do ano quando da pesquisa anterior, no contexto econômico da América Latina.

O Brasil ascendeu uma posição no “ranking” de melhor cenário econômico da América Latina e ocupa agora a 3ª posição, atrás de Uruguai e Peru, que apresentaram as melhores conjunturas econômicas no último trimestre.

A inflação surge como grande vilã, pois, é apontada pelos especialistas, que foram consultados para a elaboração da pesquisa, como o fator que mais afetou negativamente o desempenho das economias latinas no trimestre.

O problema da fraca competitividade internacional do continente, o despreparado funcional da mão-de-obra, as elevadas taxas de desemprego e o descrédito dos governos também foram apontados como graves problemas que afetam os países latinos e que precisam ser enfrentados…

* Por Elizabeth Cardoso, editora e coordenadora de conteúdo

Publicado originalmente no Diário do Comércio, Indústria e Serviços

Por Robson Gisoldi

O Brasil tem o terceiro melhor cenário econômico da América Latina. O resultado faz parte do estudo “Sondagem Econômica da América Latina”, realizado no mês de abril pelo Institute for Economic Research at the University of Munich, ou Instituto IFO, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Os dados apresentam uma melhora na situação do País se comparado ao resultado da última pesquisa, realizada em janeiro, que colocava o Brasil na 4ª posição.

Em abril, o cenário só está mais favorável no Uruguai, que atingiu 7,6 pontos e no Peru com 7,4 pontos na escala que vai até 10. Ambos ficaram em primeiro e segundo lugar, respectivamente. Já o Brasil, ficou com 6,6 na média dos índices que medem a situação econômica atual e as expectativas para os próximos seis meses.

Na opinião do especialista em economia internacional, do Conselho Regional de Economia (Corecon), Cláudio Gonçalves, o Brasil tem tudo para ser o líder da América Latina, mas para isso precisa aproveitar esse momento favorável. “Eu acho que algumas mudanças precisam acontecer agora. Temos surfado na liquidez do mercado internacional, mas precisamos fazer uma ampla reforma na previdência social e tributária pra enxugar o custo Brasil”, defende. O representante informa que outros países no mundo já estão se preocupando com isso para continuarem competitivos. “O problema do câmbio acontece com todos os países que tem aumento relevante na entrada de recursos. Precisamos nos aperfeiçoar para que o estado não pese tanto no empresariado”, conclui.

Em contrapartida, o cenário na América Latina vem sendo afetado pela inflação. Segundo o estudo, analistas apontam a questão como o maior problema diagnosticado na região. “Entre os 12 países latinos selecionados, quatro apontam a inflação como o problema número um – Argentina, Chile, Costa Rica e Peru”, aponta o levantamento. O segundo é a falta de competitividade internacional. “Em terceiro lugar está a falta de mão-de-obra qualificada, seguido do desemprego e falta de confiança no governo”, detalharam as instituições. Foram consultados 133 especialistas em 16 países.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: